Buscar
  • connectdata

Futuro Digital, Um Caminho Sem volta Para a Construção Civil



A construção civil é a maior indústria do mundo. Mas apesar de sua participação na economia global, o desempenho produtivo ainda não é dos melhores. O setor representa 13% do PIB global, mas viu um crescimento de produtividade de 1% ao ano nas últimas duas décadas. Os dados são de uma pesquisa realizada pela McKinsey Global Institute e publicada em 2020.

O mesmo instituto, avaliou 100 grandes projetos brasileiros para apontar empecilhos ao crescimento da construção civil a níveis parecidos com os de países mais desenvolvidos. Na pesquisa, 80% dos empreendimentos analisados apresentaram aumentos de custo e atraso de quase 20 meses no cronograma de entrega da obra.

A produtividade, de acordo com a análise, pode melhorar em 50%, desde que adotadas boas práticas, novos conceitos e que se invista em tecnologia. Para se ter ideia, no Brasil, a produtividade no setor teve crescimento de 1% nos últimos 20 anos. Ou seja, muito aquém do esperado, o que deixa o país abaixo de nações como a Zâmbia e Argentina.

Se comparado com outros segmentos industriais, a construção civil é a que menos cresce em produtividade. Embora este seja um problema global, em comparação com outras nações, o Brasil está regredindo nesse sentido desde 2015.


Mudanças no Mindset


A inovação no setor depende da mudança de cultura e quebra de paradigmas. Na verdade, os profissionais precisam buscar novas soluções para os velhos gargalos. Somente assim será possível reduzir atrasos em cronograma de obras, falhas de planejamento, orçamentos estourados, desperdícios de materiais, sobrecarga de equipes e diversos outros problemas.

Aperfeiçoar o gerenciamento das atividades nos canteiros com soluções para digitalizar documentos, centralizar as informações e agilizar a tomada de decisão é uma resposta a estes desafios impostos às construtoras nos últimos anos.

Um estudo publicado pela IDC, em 2020, sobre transformação digital na construção, mostrou dados relevantes sobre o interesse das empresas em mudar esse cenário. O relatório revelou que 72% das companhias do setor, em todo o mundo, acredita que a transformação digital é prioridade para promover mudanças necessárias em processos, modelos de negócios e ecossistemas. Mas, afinal, o que é necessário para dar início a essa transformação?

  1. Em primeiro lugar vale listar as reais necessidades, ou seja, as maiores “dores” durante as obras;

  2. Realizar a capacitação de equipes. É importante que a construtora seja hábil na comunicação e apresente a tecnologia como uma facilitadora de processos;

  3. Seleção das tecnologias mais apropriadas. Para isso, o construtor deve avaliar quesitos como se a ferramenta digital escolhida funciona em nuvem, mobilidade oferecidas, suporte de TI etc;

  4. Opção por soluções integradas. Os diversos recursos tecnológicos têm de conversar entre si e com a plataforma utilizada pela construtora no escritório;

  5. Realizar parcerias com startups. O ecossistema da inovação faz parte das construtechs e proptechs. Todas elas oferecem hoje as melhores soluções para facilitar as atividades no canteiro de obras, favorecendo a comunicação e o controle de custos que, na maioria das vezes, interferem na qualidade final da construção e na lucratividade e comercialização do empreendimento.


Algumas Tecnologias Digitais Disponíveis Na Construção Civil


BIM

O Building Information Modeling (BIM) ou modelagem de dados de construção, a ferramenta pode ser utilizada em todo o ciclo de vida da construção de um empreendimento, integrando todas as informações detalhadas da obra em uma única plataforma, o que torna o processo de construção mais digitalizado, produtivo e eficiente.


IoT

A Internet das Coisas (Internet of Things) pode ser utilizada para relatar, alterar, modificar ou monitorar o ambiente. Isso pode ser feito por meio de inteligência artificial através da programação de algoritmos para tomar decisões, prever ações e solucionar imprevistos com base nas necessidades do projeto.


Realidade Aumentada e Virtual

É capaz de envolver a pessoa em 360 graus e em três dimensões (3D) para transmitir, por exemplo, a ilusão de que ela faz parte de uma cena, com as imagens e sons ao seu redor substituídos por conteúdo virtual.


Impressão 3D

É uma das vertentes da indústria 4.0 que está transformando os processos de fabricação e de produção. Trata-se de uma tecnologia utilizada para imprimir objetos com três dimensões (altura, largura e profundidade) e diferentes materiais.


Drones

Eles ganharam espaço nos canteiros de obras como uma opção para a realização de tarefas como mapeamento, topografia e vigilância. Ao substituir os métodos tradicionais, contribuem para a redução de horas de trabalho e otimizam a captação e produção de dados.

Como já mencionado anteriormente em nosso blog, digitalizar um projeto e toda a gestão do canteiro de obras com o uso de ferramentas digitais ajuda a corrigir erros, além de eliminar desperdícios e retrabalhos, evitando atrasos do cronograma e prejuízos na lucratividade geral do empreendimento. Como startup do setor, o propósito da ConnectData é levar os projetos da construção civil a novos patamares de eficiência, qualidade e segurança, sempre apoiados por tecnologias disruptivas.


19 visualizações0 comentário