top of page
  • Foto do escritorconnectdatasite

Inovação e tecnologia: 7 benefícios

Inovação e tecnologia nem sempre foram a dupla inseparável que são hoje em dia. De fato, a inovação acompanha o ser humano desde os primórdios das civilizações, ao passo que as tecnologias - quaisquer que sejam elas - só surgiram, justamente, por conta de inovações.


Do latim, “innovatio; innovationis”, derivado do verbo “inovare” significa mudança, renovação, ação de introduzir algo novo: inovação.


E assim como é tão natural ao ser humano inovar, é também natural o medo, o receio diante do novo, do desconhecido. O que, muitas vezes, atrapalha o processo de mudança e evolução, que podemos chamar, nosso assunto neste artigo, de inovação.


Uma vez que o ato de introduzir algo novo traz consigo estes sentimentos de dúvida, medo ou receio, fica claro que aqueles que saem na frente são os que têm mais confiança do que medo. E para se ter confiança não é preciso muito: basta estar atento à história, às tendências e fazer um bom trabalho.


Foi assim que o ser humano aprendeu o poder da ousadia e conheceu as maravilhas que ela pode proporcionar.


Dando espaço à curiosidade e à criatividade a humanidade deu largos passos em diversas direções, criando tecnologias que possibilitaram se abrigar das intempéries da natureza, armazenar alimentos, criar remédios e, com isso, evoluir e construir um mundo cada dia mais conectado, tecnológico e repleto de descobertas fantásticas.


Da arte à culinária, da medicina à engenharia, os desafios sempre motivaram aqueles que, visionários, olhavam para o futuro e viam criações que desenvolviam no presente.


Inovação no Século XXI: startup, IoT, dados e conectividade

É sabido que desde a invenção da Prensa de Gutenberg e o consequente surgimento da imprensa, o mundo mudou radicalmente. A popularização do saber incentivou de tal forma o desenvolvimento tecnológico que a humanidade nunca mais foi a mesma.


Democratizar o acesso à leitura fez com que a curiosidade e a criatividade das pessoas aflorasse de uma tal forma que muito rapidamente as coisas começaram a mudar no mundo todo, com inúmeras invenções e inovações.


A partir daí, tivemos a Primeira Revolução Industrial, período em que houve um grande desenvolvimento tecnológico iniciado na Europa e que espalhou-se pelo mundo, provocando inúmeras e profundas transformações econômicas e sociais.


Já a segunda revolução industrial trouxe o surgimento de máquinas e a introdução de novos meios de produção com base não mais no ferro, no carvão e na energia a vapor, mas sim com base no aço, na eletricidade e no petróleo.


Inovações que transformaram ainda mais o modo de produção e de vida de todo o mundo.


E então chegamos à Terceira Revolução Industrial, a revolução Técnico-Científica-Informacional que trouxe a robótica, a genética, a informática, as telecomunicações, a eletrônica.


E foi o desenvolvimento destas tecnologias que preparou o mercado para o surgimento da chamada Quarta Revolução Industrial, também chamada de Indústria 4.0.


Este é o momento da história da humanidade em que mais inovações surgem em menos tempo de forma disparada.


Com o desenvolvimento das tecnologias de sensores, da nanotecnolgia, do Big Data, da Inteligência Artificial e da internet - especialmente o 4 e mais recentemente, o 5G, chegamos a uma era em que a inovação é indissociável do sucesso.


Como grande parte das invenções tecnológicas, a internet foi desenvolvida para fins militares. Sua precursora, Arpanet, deu origem à internet tal qual ela é hoje.


Associada às demais tecnologias que se desenvolveram nas últimas décadas, especialmente após a Segunda Guerra, período de grande desenvolvimento tecnológico, a internet transformou a humanidade e suas relações com o outro e com o espaço, trazendo tamanha conectividade que esta não se limitou a conectar humanos entre si.


Tantas inovações começaram a surgir então pouco tempo que foram criadas as Startups, no intuito de promover de forma rápida o desenvolvimento de novas ideias e projetos relacionados à tecnologia.


E com elas vieram as incubadoras, posteriormente as Fintechs, os aplicativos…


Hoje, máquinas das mais diversas se conectam entre si, trocando informações e comandos de forma instantânea, assim como é a conectividade entre pessoas através da world wide web.


Conectadas entre si, estas máquinas utilizam dados e tem inteligência artificial para solucionar problemas de maneira exponencialmente mais rápida e produtiva que o cérebro humano, otimizando de tal forma a produtividade de uma empresa que, podemos dizer, aquelas que utilizam esta tecnologia, a chamada Internet das Coisas - IoT, tornam-se uma espécie de Portugal para as Grandes Navegações: saem na frente em disparada.


IoT: a Internet das Coisas está transformando o mundo todo

Nos anos 60, época de muitas inovações tecnológicas e, principalmente, surgimento de grandes obras de ficção científica, foi desenvolvido o desenho animado Os Jetsons.


Nele, uma família do futuro vive numa cidade inteligente hiperconectada, com videochamadas, inclusive para consultas médicas, televisões de tela plana, robôs assistentes…


Durante muito tempo o famoso desenho animado não passou disso: um desenho, uma ficção.


Mas os visionários daquela época estavam já atentos às inovações tecnológicas de então e o que elas provocariam, de modo que entendiam as tendências e podiam, na falta de uma palavra melhor, praticamente prever o futuro.


E assim chegamos à Internet das Coisas.


Casas e inteligentes talvez ainda estejam um pouquinho longe da popularização ainda, mas empresas e indústrias inteligentes já são uma realidade gritante.


A ConnectData entendeu a importância da Internet das Coisas em diversos ramos da indústria e da construção civil e, com isso, desenvolveu tecnologias de IoT - sigla em inglês para Internet of Things, Internet das Coisas, - que são utilizadas por grandes empresas e até mesmo Governos para melhor aproveitamento de seus recursos e do trabalho de seus funcionários.


Muito mais do que conectar seu ar condicionado ao seu celular ou sua geladeira ao computador do seu carro, a Internet das Coisas pode promover verdadeiras revoluções dentro de uma empresa, melhorando seu desempenho, seu faturamento e possibilitando infinitas formas de inovação.


Em outras palavras, assim como a internet transformou por completo e irreversivelmente as relações humanas, a Internet das Coisas já está transformando as relações empresariais, industriais e tecnológicas.


Não espere. Não perca tempo! Investir em tecnologia traz muitos benefícios.

7 benefícios ao se investir em tecnologia:

  1. Otimização de Processos

  2. Melhora nas vendas

  3. Melhor relação com seus clientes e parceiros

  4. Maior produtividade do time

  5. Geração de valor para o seu negócio

  6. Mais força competitiva

  7. Possibilidade de inovação, invenção e vanguarda tecnológica


Você agora já entendeu o quanto a inovação é importante, principalmente no mercado.


Analise a história, perceba a diferença entre aqueles que abraçaram o conceito de inovação e aqueles que se prenderam de forma imutável a um presente fadado à transformação.


A Internet das Coisas não é o futuro: é o presente. Ela já está aí, transformando empresas, projetos e ideias. E você ainda pode sair na frente.


Conheça as soluções da ConnectData, envie-nos suas dúvidas, venha conversar conosco. Vamos ajudá-lo a inovar.


78 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page