top of page
Buscar
  • Foto do escritorconnectdata

Transformando a transição energética com Inteligência Artificial: o case ConnectData x Engie




Na era digital, a importância dos dados é imensa pois eles são valiosos. Literalmente, o uso de dados nos permite implementar novas tecnologias na indústria, por exemplo, e obter vantagens e progressos significativos. 


No cenário dinâmico da indústria moderna, a revolução dos dados está moldando um futuro inovador, impulsionado pelas tecnologias IoT (Internet das Coisas) e Big Data. 


A IoT, conhecida como a espinha dorsal da Indústria 4.0, rompe as fronteiras tradicionais da conectividade. Equipamentos, dispositivos e sensores agora se comunicam em tempo real, proporcionando uma visão abrangente de cada aspecto operacional. Essa conectividade sem precedentes não apenas otimiza processos, mas abre portas para uma nova era de eficiência operacional.


E no mercado de energia, a ConnectData liderou um projeto inovador em parceria com a Engie, visando trazer maior visibilidade aos controles nas usinas de energia. 


Saiba como essa colaboração se tornou uma parceria com resultados extraordinários.

ConnectData & Engie: trabalhando juntos para uma transição energética sustentável


No cenário atual de desafios ambientais e transição energética, a ConnectData levou a tecnologia para somar com a Engie, a maior produtora privada de energia elétrica no Brasil. O objetivo era claro: proporcionar maior visibilidade aos controles realizados nas usinas, inicialmente nos aerogeradores, permitindo ações corretivas e preventivas.


E o uso da tecnologia, como prometido, trouxe resultados positivos. 


A Engie, presente em cerca de 70 países, destaca-se pelo comprometimento com o crescimento sustentável e a transição energética. Líder no Brasil, a empresa atua na produção de energia elétrica e soluções energéticas, visando um mundo mais descarbonizado, descentralizado e digitalizado.

Inovação digital para a Indústria


A colaboração entre a CD e a Engie ocorreu por meio da Plataforma Inovação para a Indústria, uma iniciativa do SENAI e SESI. 


E nesta parceria, a Engie mostrou que buscava soluções inovadoras para acelerar a transição energética, destacando seu compromisso em desenvolver tecnologias que impulsionam a neutralidade de carbono. 


Para a ConnectData, participar de um projeto como este foi uma sólida oportunidade de mostrar como o uso da tecnologia digital na indústria pode ser transformadora.


Inteligência artificial e análise de dados: a ConnectData levando conectividade e otimização no uso de dados a Engie


O cerne do projeto foi a entrega de um sistema que centralizasse dados, conferindo poder de negociação à Engie junto às seguradoras. Com foco em Data Analytics e IA, a ConnectData e o Instituto SENAI de Inovação desenvolveram uma plataforma digital para análise de riscos, valor dos ativos, sinistralidades e registros manuais.


Os resultados foram inspiradores! 


A solução proposta não apenas reduziu os custos de seguro, mas identificou oportunidades latentes na análise dos dados. 


A estratégia de otimização proposta ao final do projeto demonstrou o valor continuado da solução, proporcionando maior visibilidade e transparência nas operações e reduzindo sinistralidades.


Uso de dados e IA: entendendo a como funciona


O Sistema de self-assessment e algoritmo de predição de falhas


O sistema de self-assessment oferece uma abordagem única para avaliação, enquanto o desenvolvimento do algoritmo de predição de falhas promete elevar ainda mais a eficiência operacional.


Vale ressaltar que, dada a natureza confidencial das informações operacionais, a divulgação e apresentação dos dados foram tratadas cuidadosamente em conjunto com a Engie e parceiros. O compromisso contínuo com a otimização e aprimoramento das soluções desenvolvidas permanece no centro dessa parceria de sucesso.


INOVAÇÃO: uma parceria com o futuro


Com a IoT, a coleta de dados em tempo real é a norma, não a exceção. Equipamentos são monitorados continuamente, permitindo a identificação imediata de falhas, prevenção de paradas não programadas e otimização de desempenho. 


O Big Data entra em cena para transformar esses dados brutos em inteligência acionável, capacitando líderes a tomar decisões precisas no momento certo.


A combinação de IoT e Big Data viabiliza a manutenção preditiva, um salto extraordinário em direção à eficiência. 


Ao antecipar problemas antes que ocorram, as empresas conseguem reduzir custos associados à manutenção corretiva e aumentar a confiabilidade operacional.


Em um mundo onde a informação é poder, a convergência de IoT e Big Data apontam para a indústria do futuro. Essas tecnologias não apenas redefinem a eficiência operacional, mas pavimentam o caminho para uma era de inovação, sustentabilidade e excelência. À medida que avançamos por essa revolução dos dados, as empresas que abraçam essas tecnologias estão na vanguarda, moldando um futuro mais inteligente e promissor.


Você pode conhecer o nosso sistema Self-Assessment e desenvolvimento do algoritmo de predição de falhas e entender como inovar em seu ramo com estas tecnologias. Venha bater um papo com a gente!



14 visualizações0 comentário
bottom of page